DIY: PULSEIRA HIPPIE DE GIRASSOL | FÁCIL

29.4.18


OI GENTE, TUDO BEM COM VOCÊS? Que saudade aqui do bloguinho e de trazer os DIY's lá do canal diretinho aqui para vocês <3 Bom, vocês devem saber que eu amo fazer esses tutoriais de pulseiras hippies, e eu também sei que vocês adoram assistir.

Hoje eu trouxe um pulseira linda de girassol para vocês fazer ai na sua casa, gastando quase nada e em poucos minutos! quer presentear um amigo que tá te fazendo uma visita? Que tal passar um café, sentar para um papo e enquanto isso tecer uma pulseirinha no kumuhimo? Manda ver ver amores! Confira o video tutorial:



O Girassol é considerado, em decorrência de suas tonalidades, a flor do equilíbrio entre a luz – pétalas amarelas – e a sombra – sementes escuras.  Para o Feng Shui, ele significa a soma da integridade e força que temos dentro de nós e que queremos transmiti-la aos outros.

Espero que tenham gostado! Me contem aqui nos comentários o que acharam e quais videos deseja assistir por aqui <3

Beijos de Luz!

Esgotamento Psicológico: Nem Sempre É Fraqueza, Às Vezes É Por Ter Sido “Forte” Demais

23.4.18



Às vezes desabamos mentalmente, não porque somos pessoas fracas, mas por sermos muito fortes.  Sofremos demais, estamos por muito tempo, assumindo muitas responsabilidades. Vencendo uma guerra após outra e só o fato de sermos pessoas fortes, parece que nos impõe a obrigação de jamais termos o direito de sermos fraquejar um instante qualquer.
Mas é muito compreensivo e normal, às vezes, sofrermos uma profunda exaustão psicológica.
O cansaço psicológico geralmente é um processo lento, ele se acumula gota a gota sem perceber.  A gota d’água que transborda o copo pode ser qualquer coisa que nos coloca cara a cara com a impossibilidade de resolver determinados assuntos que vão se acumulando. Então nós caímos, física e mentalmente.

O que é o esgotamento psicológico e quais são suas causas?

O esgotamento psicológico é um estado de extrema exaustão mental e emocional, que muitas vezes é acompanhado por um sentimento de falta de força física. Esse estado de desgaste extremo é causado por um excesso de recursos emocionais e / ou cognitivos. Em outras palavras: nós não damos mais de nós. Muitas vezes, é experimentado como uma espécie de inércia física e mental, um sentimento de “peso” que envolve o dia a dia, como se estivéssemos ligados no piloto automático.
As causas do esgotamento psicológico são variadas, embora em muitos casos haja uma constante: dar muito e receber pouco, por exemplo. A exaustão psicológica aparece como resultado de uma entrega constante e até mesmo excessiva, seja no trabalho, para outros, para um projeto que nos excita, mas também nos consome; aos problemas cotidianos, às tarefas do dia a dia.
Ao mesmo tempo, não recebemos praticamente nada em troca que possa equilibrar o saldo. Não podemos descansar e relaxar o suficiente, não passamos tempo de qualidade sozinhos com nós mesmos e não recebemos atenção, carinho e compreensão suficientes das pessoas que nos rodeiam. Na prática, é como se extraíssemos toda a energia do nosso emocional, mas não nos preocupamos em repô-las.
Em outros casos, a fadiga mental é causada por muitas mudanças em um tempo muito curto, embora estes sejam positivos. No entanto, quando acontece tão rapidamente, não podemos gerenciá-los e nos sentimos sobrecarregados. Nesses casos, embora aparentemente tenhamos tudo o que queremos, em nossa mente temos um tipo de sensor que nos diz que algo está falhando.

Fadiga mental: sintomas premonitórios de exaustão

1. Perda de energia. O sentimento de exaustão psicológica geralmente se reflete primeiro fisicamente, então é normal que você se sinta sem energia. Só o ato de abrir os olhos pela manhã, faz você achar que não poderá enfrentar o dia.
2. Irritabilidade. Um dos sintomas mais evidentes de exaustão psicológica é nervosismo, irritabilidade e hipersensibilidade porque você perde o autocontrole com mais facilidade do que o normal. Ao mesmo tempo, você começa a interpretar os estímulos como se fossem ameaças, o que leva você a reagir, colocando-se na defensiva.
3. Insônia. Muitas vezes, por trás do esgotamento psicológico, estão ocultos problemas não resolvidos, que se aproximam em sua mente, de modo que não permitem que você durma bem e você se vê acordado por várias horas durante à noite.
4. Anhedonia. Incapacidade de desfrutar de pequenos prazeres da vida. As coisas que você já desfrutou já não o encorajam mais. É como se o mundo subitamente tivesse perdido suas cores. Em alguns casos, você pode sentir como se você flutuasse em uma espécie de limbo que o distancia da realidade.
5. Perda de motivação. Quando você está extremamente exausto, você simplesmente não encontra a motivação para se envolver em novos projetos ou fazer as coisas com as quais você se apaixonava antes. Qualquer tarefa parece titânica e você desenvolve uma profunda apatia em relação ao mundo. E a todo momento aparecem sentimentos de desencanto, decepção e desespero.
6. Falhas na memória. A atenção é um dos primeiros processos psicológicos que são afetados quando você está exausto, o que também leva a lapsos frequentes. É provável que você esqueça as mensagens, que você não lembre de onde você deixou as chaves ou mesmo que tenha dificuldade em lembrar o que você comeu no dia anterior. Isso ocorre porque sua mente está muito saturada para continuar processando e armazenando informações no nível consciente.
7. Pensamento lento. O esgotamento psicológico também afeta processos cognitivos, então você pode perceber que você pensa mais devagar ou que tem dificuldade em pensar. O que você costumava fazer rapidamente, custa-lhe muito mais e às vezes você até achou difícil dar um sentido lógico às ideias em sua mente ou acompanhar um longo discurso.
Quem é mais vulnerável ao esgotamento psicológico?
Todos podemos nos esgotar psicologicamente, especialmente quando passamos por situações particularmente estressantes na vida, mas existem algumas características de personalidade que podem nos tornar mais vulneráveis ​​a essa exaustão mental.
– Perfeccionismo. Os perfeccionistas, que exigem muito de si mesmos, acabam adicionando um peso extra nos ombros que, a longo prazo, representa mais estresse.
– Dificuldade para delegar. As pessoas que querem assumir todas as tarefas, porque acreditam que os outros não sabem como fazê-las ou não estão à altura, são mais propensas a sofrer o esgotamento psicológico devido a um excesso de responsabilidades.
– Sensibilidade extrema. As pessoas que são muito empáticas e hipersensíveis são mais propensas a sofrer um estado de exaustão emocional porque muitas vezes assumem os problemas dos outros como seus próprios, sem poder estabelecer uma distância psicológica de proteção.
– Incapacidade de relaxar. Algumas pessoas, devido às características do sistema nervoso, acham mais difícil relaxar e se desconectar do que outros. É como se o seu cérebro tivesse funcionado a mil revoluções por minuto constantemente. No entanto, no longo prazo, isso acaba fazendo exame de seu pedágio.

Remédios para a fadiga mental: as 5 regras a seguir
Todos devem encontrar seu próprio remédio para a fadiga mental, o que significa que você deve detectar o que está consumindo sua energia e enfrentar esse problema, talvez numa perspectiva diferente. Lembre-se de que, às vezes, uma mudança de perspectiva é suficiente para mudar tudo, sem que nada mude.
No entanto, aqui estão 5 regras gerais que você deve seguir para lidar com o esgotamento psicológico:
1. Descanse. Para ser eficaz e produtivo, você precisa descansar. Na vida, é essencial encontrar um equilíbrio entre trabalho e obrigações e tempo livre e descanso. Certifique-se de encontrar o tempo para relaxar, de modo que se torne um hábito diário – dos 15 minutos após às refeições – e assim, você pode evitar o esgotamento físico e psicológico.
2. Priorizar. O dia tem 24 horas, embora você queira não pode estendê-lo. Portanto, você deve aprender a priorizar as coisas que parecem ser urgentes, mas também aquelas com as quais você é mais apaixonado. Porque se você preencher o seu dia com tarefas que geram estresse, isso causará  fadiga mental profunda, então você deve se permitir um equilíbrio dentre suas prioridades.
3. Demanda menos. Seja um pouco mais realista, você não é um super-homem ou uma super-mulher. Às vezes, nada acontece se cometer erros, se as coisas não forem perfeitas ou se as adiar. Não adiciona pressão desnecessária à sua vida, você não é uma panela.
4. Seja compassivo consigo mesmo. Trata de se relacionar com você, assumindo uma atitude mais positiva e compassiva. Consiste em modular o discurso que você mantém com você, dando-lhe confiança e tranquilidade, em vez de recriminar e criticar a si mesmo com dureza. Um discurso que acrescenta mais estresse e desconforto se tornará o combustível que alimenta o esgotamento psicológico.
5. Reencontre-se. O esgotamento psicológico geralmente cria em torno de nós uma camada composta de preocupações, pressões, deveres, angústia e auto-demandas que, a longo prazo, nos faz esquecer de nós mesmos. Portanto, é importante que você encontre um espaço para estar sozinho com você, alguns momentos do dia em que você simplesmente respire com facilidade e conecte-se com suas necessidades, sonhos e desejos.

Publicado originalmente em Rincón de la Psicología, traduzido pela equipe do Portal Raízes

O QUE APRENDI EM 2017 , O QUE DESEJO EM 2018

11.12.17



Eu não sou do tipo que se apega ao fechamento do ciclo dos modos tradicionais, como por exemplo, a troca de ano de acordo com o calendário. A maioria das pessoas tem em mente que a mudança de um ano para o outro é o perfeito encerramento de um ciclo, eu não vejo assim, para mim se durante aquele tempo nada mudou, tudo continuará exatamente igual no dia 1º do ano seguinte.

Mas 2017 foi um ano diferente para mim, de tantas mudanças que sim, desde vez a chegada de 2018 me fará enxergar o fim de um ciclo e inicio de uma nova e longa trajetória . 

Em 2017 eu me dediquei muito ao me aprimoramento profissional, fiz novos contatos, conheci novas pessoas,  obtive novos conhecimentos em áreas que eu sempre desejei trabalhar, mas em contra partida deixei totalmente de lado os meus vídeos no youtube, o que ainda me incomoda muito, me fazendo sentir que apesar da evolução, deixei parte de mim para trás.

Em 2017 observei melhor os que estavam ao meu lado, deixei de me importar com pessoas que eu pensei que eram amor porém eram terror, totalmente tóxicas para mim. Apesar de sempre ter tido, este ano aprendi a ter ainda mais empatia e compaixão pelos outros, o que tem me feito extremamente bem, já que e sinto melhor comigo mesmo sempre que sou gentil com alguém.

Em 2017 comecei a elogiar ao menos uma pessoa por dia, acreditem, isso é incrível, fazer alguém sorrir e se sentir melhor consigo mesma é a melhor coisa do mundo.


Em 2017 eu conheci um cara incrível, que me ama, me respeita e que me aceita exatamente como eu sou. Ele me faz sentir incrível e a cada dia que passa ele fazer com que eu me ame mais e por consequência disso o ame também.

Em 2017 eu descobri que as pessoas costumam ser egoístas e que independente da proximidade o ideal é sempre contar com o que você pode fazer e nunca, jamais com o que podem fazer por você, acredite em si, confie em si, não crie expectativas sobre outras pessoas.

Eu quero ser em 2018 alcançar tudo que tanto desejo, quero ser uma pessoa ainda mais bondosa, quero ser mais criativa, quero ser mais inteligente, quero ser menos ansiosa, preciso ser mais paciente, quero viajar, quero ser mais feliz, quero novos horizontes, quero grandes trabalhos, quero voltar aa gravar, quero reclamar menos e agradecer mais!
Que venha 2018 <3

KUMIHIMO| DIY PULSEIRA DA AMIZADE DE CORAÇÕES

16.6.17



Olá pessoal, hoje venho com mais um conteúdo daqueles que vocês adoram, as famosas pulseiras da amizade, e o tutorial desta vez é de uma peça linda cheia de coraçõeszinhos, é super fácil de fazer e vocês vão adorar!

Para a produção da pulseira ultilizei o kumihimo, que embora seja uma técnica tradicional japonesa, o trançado de seda kumihimo produz colares e pulseiras contemporâneos.
No verão, para o Carnaval ou outras épocas, ele é fácil de fazer, inclusive as famosas pulseiras da amizade (friends bracelet).

Neste video mostro como fazer suas próprias pulseiras Kumihimo


Molde do Kumuihimo: https://postimg.org/image/axh1b5z5t/


E agora que já temos nosso material de trabalho, hora de fazer a nossa pulseira, clica aqui pra assistir o passo a passo <3



Espero que tenham curtido, não esqueçam de marcar as fotos das suas pulseiras com a hashtag #DiydaLully

DIY: COMO FAZER UM UNICÓRNIO MÁGICO | COM MOLDE

6.1.17


Olá Pessoal, o vídeo de hoje é mais um vídeo de faça você mesmo haha. Me digam, quem ai gosta de unicórnios? Acho difícil alguém não curtir estes seres mágicos e de luz!

Por isso gravei hoje um tutorial de faça você mesmo que é puro amor! Unicórnios de papel <3 gente, serio, tô amando minha decoração do quarto com esses fofinhos ai pregados.

O legal é que você pode fazer em casa na maior facilidade, disponibilizei o link para download do molde lá no canal.

Bora ver o tutorial? Clica ai no play!




10 MELHORES DIY'S DE 2016 | RETROSPECTIVA

4.1.17


Minhas gente, que saudade! mas é saudade mesmo, é saudade demais, uma saudade que não dá pra explicar! Postar aqui me faz bem demais, mas o ano de 2016 foi um ano tão corrido e desestimulante que acabei me ausentando demais daqui.

Dou inicio a este post dizendo que eu desejo a todos vocês um 2017 lindo, cheio de luz, de paz, de autoconhecimento, de empatia, de tolerância e de amor.

Embora eu tenha me ausentado um pouco daqui, os vídeos de DIY lá do meu canal no YouTube continuaram sendo produzidos, e para iniciar 2017 com muita arte eu decidi fazer uma retrospectiva com os 10 melhores tutoriais de faça você mesmo do ano passado!

A seleção ficou incrível e eu realmente espero que vocês possam aproveitar para colocar os projetinho em pratica, clica no play e vem comigo!








DIY: CHAVEIROS FEITOS DE BANDEJA DE ISOPOR

19.9.16



Olá pessoal! Tudo bem com vocês? Então, eu dei uma sumida no blog pra tentar organizar minha vida pós faculdade, mas em compensação o canal está cheio de vídeos novos e muito legais para vocês.

Vocês já pensaram em fazer chaveiros de isopor? Então, nesse vídeo eu vou ensinar pra vocês um DIY muito fofo que vocês precisam fazer em casa! Tudo bem que um chaveiro de isopor é meio estranho de imaginar, mas depois dos resultado vocês vão ver como ficam incríveis e vão querer fazer muitos, assim como eu!

Lista de materiais:

Bandeija de isopor
Desenhos impressos para ilustrar o chaveiro
Tesoura sem ponta
Palito de churrasco
Marcador permanente (Piloto)
Hidrocor colorido
Papel manteiga
Forno pré - aquecido 180 graus
Argola para chaveiro

Passo a passo

Que tal assistir o vídeo e aprender? Além de divertido, os materiais são super fáceis de encontrar. Bora ver?


Espero que tenham gostado do resultado e não esqueçam de voltar para me contar e postar no Instagram com a hashtag #diydalully.  ❤

Transformando o teto do meu quarto em galáxia

1.8.16


Olá pessoal <3 tudo bem com vocês? Estou tão feliz por estar conseguindo manter a regularidade dos posts aqui no blog. Depois que terminei a faculdade tudo ficou mais fácil pra mim, não se  já mencionei por aqui mas agora eu sou finalmente uma jornalista graduada! haha não muda muita coisa na minha opinião, mas pelo menos eu tenho tempo livre agora.

E foi justamente neste tempo livre que tive a brilhante ideia de tornar o céu do meu quartinho de inspirações em uma galáxia. Corri pro Ebay e busquei por estrelas que brilham no escuro e como no ebay a gente acha de tudo pra comprar, lá estavam aquelas estrelinhas aos montes e eu como sou impulsiva pra caramba comprei logo 200 unidades!

O resultados dessa compra aliada a uma luz negra você vê no video que eu gravei essa semana, espero que gostem do meu resultado final. Bora ver?


Projeto aqueça um cãozinho neste inverno

27.7.16



Olá Pessoal! Hoje vou mostrar pra vocês um belo projeto para cuidar de cãezinhos abandonadas nas ruas! sabe quando vocês estão em casa e sentem aquele friozinho e precisa de um cobertor para se aquecer? é gostoso não é? Pois é, mas tem alguns "serumaninhos" que não tem essa possibilidade e que na verdade não tem nem um lugarzinho para se esconder do frio, por isso hoje trago uma possibilidade de vocês fazerem uma boa ação sem gastar nadinha e deixa um cachorrinho de rua mais feliz!

Neste vídeo ensino como fazer casinhas de cachorro para animais abandonados nas ruas da sua cidade. Se cada um puder fazer uma tenho certeza que vamos ter uma cidade bem mais legal, colorida e com cachorrinhos felizes!
Na minha cidade (Montes Claros-MG) a população canina é de cerca de 60 mil e grande parte desses animais vivem nas ruas. Embora não tenhamos dados concretos é possível perceber isso andando pela cidade. Então que tal pegar sua caixinha de papelão e fazer um lar pra um desses catiorros?

Na minha cidade a chuva e algo raro de se acontecer, mas em cidades com muita chuva cubra a casinha com plástico e/ou coloque em lugares protegidos da agua, como marquises!
Gentileza gera Gentileza

Eu nunca pedi nada disso aqui no blog, mas eu gostaria muito que vocês compartilhassem o video abaixo, masquem amigos e vamos lá fazer o bem aos nossos amiguinhos!




DIY: Como Fazer Cristal Colorido usando sal grosso

10.4.16


Olá pessoal! domingo é dia de quê? VIDEO NOVO! Vocês estão vendo esses cristais lindos e brilhantes nessa foto? FORAM FEITOS POR MIM <3  Mas como assim fazer pedra? Pra saber a resposta tem que ver o tutorial que acabou de sair lá no canal ensinando Tim Tim por Tim Tim
Bora ver?


Pronto, agora que já aprenderam é hora de enfiar a mão na cola e reproduzir! Não se esqueçam de postarem no Instagram com a #DiyLullyMel quero ver o resultado de vocês!



©COPYRIGHT 2016 LULLY MEL - Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo